Descontraia-se no dia-a-dia!

 

Aprenda a  descontrair no dia-a-dia, desde o momento em que acorda até ao momento em que se vai deitar.

Ser uma pessoa produtiva não significa estar sempre a trabalhar, mas saber intercalar momentos de trabalho com momentos de descanso.

  • Espreguice-se quando acordar;
  • Não saia de casa sem tomar uma bebida, café, chá, leite, água com limão… preste atenção ao sabor  e ao aroma, aprecie esse pequeno prazer de cada dia;
  • Faça uma pausa a cada 1h30 de trabalho, para descansar, beber água, se tiver uma janela olhe  um pouco para a paisagem, ou então ande um pouco, não fique sentado;
  • Na hora do almoço, se tiver oportunidade apanhe um pouco de sol;
  • Alterne actividades. Intercale, por exemplo, o trabalho ao  computador com algo que não envolva o seu uso, converse com alguém, escreva em papel, organize a secretária, etc;
  • Medite ao longo do dia. Não precisa parar 20 minutos para meditar, feche os olhos por dois ou três minutos e preste atenção à sua respiração;
  • Ao chegar a casa, troque de roupa e faça uma transição para o “ambiente casa”.
  •  Antes de iniciar as tarefas de casa, sente-se um pouco e descontraia-se, leia uma revista, beba  uma chávena de chá quente, ouça uma música clássica, Mozart por exemplo;
  • Converse com algum amigo ou parente pelo telefone;
  • Reveja as tarefas que tem para fazer nos próximos dias;
  • Desligue-se do mundo on-line,  pelo menos uma hora antes de ir para a cama;
  • Se gosta de ler antes de dormir, leia um livro agradável que deixe a sua mente tranquila;
  • Agradeça por algo que tenha acontecido durante o dia.

Tenha um dia excelente!

25555ee01f5308f7ec569c95c14b6

Imagem: via

 

Maria José

[Read more…]

Beneficíos de uma pausa

Olá!

Cá estou, de novo, depois de uma breve pausa.

É necessário  fazer uma pausa quando nos começamos a sentir exaustos. Tenho andado tão ocupada que me perdi sob todas as minhas tarefas, hábitos, rotinas e compromissos.

São necessários pequenos momentos para rever, avaliar o que temos para fazer e tentar simplificar, retirar da nossa vida o que está a mais. Fazer espaço para as coisas essenciais e que nos trazem mais alegria.

Retirar o que está a mais, passa não só pelo trabalho e pelas múltiplas tarefas que temos que desempenhar, mas,  também por aquilo que está na nossa mente e que nos retira a energia.

É importante ter tempo para pensar, sem distracções, olhar para nós e pensar o que realmente queremos da vida. E muitas vezes o nosso objectivo de vida pode ser tão simples quanto trabalhar um pouco menos, ter mais tempo para conviver, rodearmo-nos de pessoas mais positivas, ler mais, caminhar mais, cuidar de nós com mais atenção ou estarmos mais presentes na nossa vida.

Durante esta minha pequena pausa do mundo on-line, cumpri mais um aniversário e outros factos sucederam.  Dei  então permissão a mim mesma para descansar mentalmente e decidir como gostaria de  prosseguir nalgumas áreas da minha vida, visando  alcançar um equilíbrio mais saudável.

A inspiração e criatividade começavam também a faltar e sinto que tanto uma como outra, precisam de espaço e tempo para se desenvolverem.

Depois desta breve pausa, em que descansei mais, dormi mais, li mais e

pensei mais, sinto-me mais inspirada e  motivada sobre o caminho a tomar neste período da minha vida.

Desejo-lhe um dia feliz e não se esqueça que é bom parar e avaliar antes de avançar.

Maria José

unnamed (1)

Imagem: A vida em tons suaves

[Read more…]

Algumas ideias à sexta-feira

1. Esta semana trago a vivacidade cromática do amarelo na decoração, onde pequenos detalhes e pequenos móveis invadem de  luz e expressão os espaços de casa.

Imagem: Via

 

2. Esta semana trago também o estilo intemporal de Inês de la Fressange,  eterno  em todas as estações da moda.

3. Trago também o seu livro “A Parisiense“, que não sendo  recente,  revela alguns dos segredos de estilo das parisienses, os mesmos segredos que  transformaram  Inês de La Fressange numa personalidade de estilo intemporal.

 

4. Este fim de semana faça  pausas para um café, um chá ou um copo de água.Promova a sua dose diária de chá ou café como motivo para fazer uma pausa.

Desfrute desse momento! Sente-se e preste atenção ao sabor e ao aroma!

Ao desfrutar desta pausa de forma consciente, significa que por momentos acalmou o corpo e as emoções.

Uma sexta-feira feliz e um excelente fim de semana com muitas pausas!
Maria  José

[Read more…]

Uma pequena pausa

Hoje quando puder faça uma  pausa e realize um pequeno exercício de  Mindfulness.

Para recordar pode ver   aqui e aqui.

Em casa ou no seu local de trabalho, faça uma pausa e olhe para os objectos de uso quotidiano, aos quais, há vários anos, não presta atenção.

Por exemplo, a chávena em que bebe o café, os pratos que usa todos os dias, que até podem ter um design bonito, mas deixou de reparar neles pouco tempo depois de os ter adquirido.

Preste  atenção  aos objectos  que se encontram em seu redor, a fim de recomeçar a experiência do mundo em que vive.

Ande pela casa durante algum tempo e aprecie o design dos móveis, cortinas, tapetes, chávenas, pratos, talheres e outros objectos.

Ao focar a sua atenção no momento presente, tomando consciência do que está a fazer, está a praticar Mindfulness.

2c2fc50405b23fcd7c42c0be629abd31

Imagem: via

Um dia feliz!

Maria José                

[Read more…]

Faça uma pequena pausa

Olá!estresse-no-trabalho-300x205

O Natal está quase a chegar e a agitação que se vive neste período é propícia a sentir um certo stress.

Faça uma pausa com um minirelaxamento.

Os mini exercícios de relaxamento são técnicas de respiração concentrada que ajudam a reduzir a ansiedade e a tensão.

São exercícios que pode fazer de olhos abertos ou fechados, em qualquer lugar, a qualquer momento, ninguém saberá que os está a fazer.

A única vez que os relaxamentos não resultam é quando não os faz.

Como fazer um minirelaxamento:

Comece por respirar fundo (chama-se respiração diafragmática, se tiver dificuldade experimente inspirar pelo nariz e expirar pela boca).

Deverá sentir o abdómen subir cerca de dois centímetros quando inspira e descer cerca de dois centímetros quando expira. Se continuar a ter dificuldade, deite-se de costas ou de barriga para baixo; terá mais consciência do seu padrão de respiração. Lembre-se que é impossível respirar diafragmaticamente se contrair o abdómen.

Conte muito devagar em surdina de dez a zero, um número por inspiração. Com a primeira inspiração diafragmática, diga «dez» em surdina; a seguir diga «nove», etc. Se começar a sentir atordoada  conte  mais lentamente. Quando chegar a «zero», veja como se sente. Se se sentir melhor, óptimo! Se não, tente outra vez.

Outro exercício:

Inspire. Suspenda durante alguns segundos. Depois expire e suspenda durante uns segundos. Faça várias vezes.

Eis algumas oportunidades para fazer um minirelaxamento.

  • Vésperas de Natal
  • Quando se sente ansiosa por algo que tem de fazer no futuro próximo;
  • Quando alguém diz alguma coisa que a incomoda;
  • Quando tem dores;
  • Quando está preste a gritar com os seus filhos;
  • Ao fim do dia.
Descontraia e respire fundo.
Maria José
novos-ares

Imagens: Pinterest

[Read more…]

%d bloggers like this: